segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Como limpar porcelanato no dia a dia



O porcelanato é aquele piso em tamanho maior, com brilho extra, que deixa os ambientes mais modernos e renovados. 
Se você está pensando em instalar esse tipo de revestimento na sua casa, ou se já instalou mas ainda não fez a primeira limpeza, veja as melhores dicas de como limpar porcelanato e garantir o brilho e a durabilidade do material.


Veja também

Limpar porcelanato no dia a dia é uma tarefa sem segredos. 
Veja o que você vai precisar para uma limpeza eficiente, sem danificar o piso:

Materiais
1 colher de sopa de detergente ou sabão neutro 
5 litros de água
1 balde
2 Panos de chão macio
Vassoura 

Preparo
1. Comece passando a vassoura no chão para remover a sujeira grossa.
2. Depois, coloque a água no balde e misture o detergente ou sabão neutro.
3. Molhe o pano de chão na água, torça e aplique por todo o piso.
4. Por fim, passe um pano seco para evitar manchas.

Veja também


Limpeza diária de sujeira pesada
Se tiver uma sujeira insistente, como gordura, na hora de passar o pano molhado, deixe agindo por alguns minutos.
Depois, esfregue a mancha com uma escova ou com a vassoura, sempre de cerdas macias, para não arranhar o revestimento.
Por fim, passe mais um pano só com água e então seque.

Se o sabão ou detergente não conseguir remover a mancha, você pode usar produtos como CIF, saponáceo cremoso ou um produto com cloro ativo, sempre diluídos em água, conforme a recomendação da embalagem.

Veja também

Se ocorrer alguma mancha difícil, como tinta, esmalte ou caneta, aplique álcool, thinner ou acetona, apenas no local da mancha, deixe agir somente o tempo necessário e remova com água.
Depois seque com um pano macio.


Como fazer limpeza pesada de porcelanato (pós-obra)
Limpar porcelanato pós-obra quer dizer aquela primeira limpeza, mais pesada, que deve ser feita depois que o piso foi instalado. 
Ela vai ajudar a dar o brilho no piso, além de prevenir manchas e facilitar a limpeza do dia a dia. 

Veja também

Veja as dicas a seguir:
1. O primeiro cuidado que deve ter é deixar a argamassa e o rejunte secarem completamente. 
Antes disso, não passe sequer um pano com água. Nada!

2. O segundo cuidado é para não riscar o porcelanato com os possíveis restos de areia e cimento que certamente vão estar por cima do piso.

3. Então, lembrando desses detalhes, é hora de limpar. 
Utilize apenas uma esponja molhada com água pura. 
Aplique sobre todo o revestimento, de leve, para que os restos de material não risquem o piso.


Veja também

4. Feito isso, aplique um produto próprio para limpeza pós-obra que você encontra em lojas de materiais de construção. 
Para aplicar, siga as instruções da embalagem do produto. 
Sua função é remover aquelas manchas de obra que não saem com produtos de limpeza comuns, sem danificar o revestimento.

5. Se houver manchas de tinta que esse produto específico não remover, aplique Thinner ou solvente orgânico, apenas sobre as áreas afetadas, sem deixar agir por muito tempo. 
O ideal é fazer um teste antes em um pedacinho de piso mais escondido para garantir que não haverá qualquer reação diferente do esperado.

Você poderá gostar também
Jiang ensina dicas para tirar os maus odores da cozinha na cozinha do Bork
10 Utilidades para a pasta de dente que você nunca imaginou
Dicas para limpar gril e sanduicheira elétrica
Como limpar cama box encardida

Curso online de aromaterapia 


Curso com várias práticas ensinando como usar aromas em forma de essências e óleos essenciais, voltado para terapeutas ou pessoas que desejam desenvolvimento pessoal. 


Siga-nos também no Google+, Pinterest e Facebook




domingo, 16 de setembro de 2018

Dicas para limpar gril e sanduicheira elétrica


Esses aparelhos são realmente muito práticos em uma cozinha, podendo ser utilizados para preparar carnes e vegetais grelhados, além dos sanduíches – e são a salvação de muitos jovens que não sabem como fazer outros pratos.

Veja também

A praticidade, porém, termina junto com o sanduíche: quando chega a hora de limpar o aparelho, a tarefa pode ficar bastante difícil dependendo do tipo de alimento que foi colocado na sanduicheira. 

Veja também 

Gordura de queijo ou de carne e restos de pão queimado costumam ficar grudados nas chapas e dão o maior trabalho para serem removidos. 
Se você sofre com esse problema, confira as dicas que separamos para facilitar a limpeza da sanduicheira ou grill. 
Importante: antes de começar, sempre verifique se o manual do aparelho recomenda algum procedimento de limpeza e jamais tente higienizar seu aparelho ainda quente ou ligado à tomada. 

Veja também 

Limpeza rápida 
Você usou a sanduicheira por pouco tempo e ela não está assim tão suja, apenas com uns farelos de pão? 
Então basta passar um pano macio para remover esses resíduos e absorver manchas de gordura. 
Lembre-se: esse método é útil para fazer uma limpeza rápida, quando você já vai usar a sanduicheira novamente. 
Se você for guardar o aparelho, faça uma limpeza completa para evitar a proliferação de micro-organismos. 


Veja também 

Água morna e detergente 
Para higienizar a sua sanduicheira, primeiro tire-a da tomada e espere que ela esfrie. 
Em seguida, molhe um pano ou esponja macia em uma mistura de água morna e detergente neutro em um recipiente e utilize-o para esfregar a chapa até remover todos os resíduos. 
Adicione mais detergente à água conforme o necessário. 

Veja também 

Evite encharcar o pano para não danificar os componentes elétricos da sanduicheira. 
É importante escolher sempre uma esponja ou pano macio para não arranhar o antiaderente. 

Use um palito de dentes 
Se você está com dificuldades para remover algum resíduo que ficou muito grudado nas chapas, a dica é forrar um palito de dentes com um pano macio e usá-lo para raspar o pedaço grudado até removê-lo. 
Jamais use facas e garfos ou outro objeto muito rígido e afiado para isso, pois você poderá danificar o antiaderente. 
Escova de dente velha 
Se você não consegue limpar os cantinhos da sanduicheira com a esponja, uma dica é utilizar uma escova de dentes velha para esfregar suavemente essas regiões. 

Veja também

Dica do azeite de oliva 
Sabe aquele velho truque de esquentar um pouco de óleo na panela para facilitar a limpeza? 
Ele também funciona com a sanduicheira ou grill. 
Para isso, pingue algumas gotas do azeite diretamente nos resíduos mais teimosos e deixe o aparelho esquentar um pouco. 
Quando os resíduos estiverem mais amolecidos, desligue a sanduicheira e aguarde até que todo o conjunto esfrie. 
Em seguida, remova os resíduos com um pano ou esponja macia. 

Veja também 

Desengordurante de cozinha 
Caso sua sanduicheira ou grill esteja repleto de gordura de carne ou de queijo, uma boa dica é fazer uma primeira limpeza com um pano ou toalhas de papel, para remover a sujeira mais grossa, e, em seguida, pingar algumas gotas de um desengordurante. 
Com auxílio de uma esponja macia, faça movimentos contínuos até remover toda a gordura das chapas. 
No final, passe um pano umedecido com água para remover completamente o desengordurante, ou você pode acabar contaminando seus alimentos. 


Veja também 

O imbatível vinagre branco 
Coloque um pouco de vinagre branco puro em um borrifador. 
Tire a sanduicheira ou grill da tomada e, com o aparelho ainda quente, borrife vinagre sobre as chapas. 
Em seguida, coloque um paninho umedecido com água e deixe a sanduicheira fechada por cerca de 15 minutos. 
Quando os resíduos estiverem amolecidos, utilize esse mesmo pano para fazer a limpeza do aparelho. 

Veja também 

Quando as chapas são removíveis 
Se as chapas do seu grill são removíveis, verifique no manual do equipamento se elas podem ser levadas à máquina de lavar louças. 
Caso não possam (ou se você não tiver esse equipamento), faça a limpeza manual. 
Para isso, espere que as chapas esfriem, coloque-as de molho na pia com água morna e adicione algumas gotas de detergente neutro. 
Espere até que todos os resíduos tenham amolecido, enxágue e passa um pano macio para remover todos os resquícios de alimento. 
Não custa reforçar: antes de efetuar a limpeza da sua sanduicheira ou grill, sempre retire o aparelho da tomada e verifique se ele já está frio para que você não se queime.

Você poderá gostar também

Receitas de Café da Manhã Low-Carb Para Emagrecer Feliz 


São 57 receitas, ao longo de mais de 110 páginas, compreendendo receitas doces, receitas salgadas, smoothies, shakes, cafés, sugestões de lanches da tarde e acompanhamentos. 


Siga-nos também no Google+, Pinterest e Facebook

domingo, 2 de setembro de 2018

5 truques para limpar seu micro-ondas sem esforço


Micro-ondas é um dos objetos mais importantes da casa. 

Descongela a marmita, esquenta a comida rapidinho, estoura aquela pipoca saborosa e ainda é auxiliar para um monte de receitas fáceis e gostosas. 
Mas para limpar é meio chato e provoca um monte de dúvidas. 
Uso o lado amarelo da esponja? 
Posso passar produto forte? 
Tem risco de contaminar meus alimentos? 

Veja também 

Os respingos de comida no aparelho colaboram para a proliferação de bactérias, por isso devem ser higienizados com frequência, como a sua louça. 
Usar produtos abrasivos não é uma boa ideia pois pode prejudicar o aço inox. 
O aparelho deve ser lavado e secado antes do uso. 
Para acabar com esses medos, apresentamos 5 formas de limpar seu micro-ondas sem esforço e sem risco. 

Veja também 

1. Higienização de rotina 
Farelos e respingos são coisas inevitáveis. 
Logo, limpe sempre seu micro-ondas após o uso com um pano umedecido com água e detergente normal. 
Seque com papel toalha para não danificar as funcionalidades nem enferrujar. 

Veja também 

2.Limpar e tirar o cheiro 
Sabe aquele cheiro artificial de queijo da pipoca de micro-ondas que não sai por nada? 
O truque é simples 
Encha uma xícara com água e acrescente duas colheres de sopa de vinagre. Coloque por 3 minutos no microondas e, mesmo depois de ele apitar, deixe descansar lá dentro por mais dois minutos. 
Durante esse tempo a água com vinagre estará evaporando dentro do seu aparelho amolecendo a sujeira e absorvendo o cheiro. 
Passe o paninho de pia ou a esponja com o lado amarelo e depois seque com papel toalha. 
Pronto, seu micro-ondas livre de cheiros desagradáveis! 


3. Desincrustar sujeira velha 
O leite/ o purê derramou e você deixou para limpar depois? 
Péssima ideia, essas coisas são como cola. 

Veja também 

Sim.... tem solução 
Em um pires ou pratinho coloque grossas rodelas de limão com um pouco de água no fundo. 
O princípio é o mesmo do vinagre, mas a acidez e o poder de limpeza do limão é maior. 
Ligue o microondas por um minuto (não mais que isso) e ao apitar deixe mais alguns instantes lá dentro. 
Retire o prato do micro-ondas e lave o interior do aparelho com a esponja. 
O prato pode ser lavado como uma louça normal, assim que secar devolva ao lugar. E, da próxima vez, não deixe para depois. 

Veja também 

4. Desinfetar por dentro e tirar o cheiro 
Outra solução para tirar odores do micro-ondas é molhar um pano com água e polvilhar sobre ele uma boa quantidade de bicarbonato de sódio. 
Depois use esse pano para limpar normalmente. 
O bicarbonato é ótimo para remover odores e também possíveis bactérias. Deixe a porta do aparelho aberta por alguns minutos e seque com um pano seco ou papel toalha.

Veja também

5. Limpar o micro-ondas exteriormente 
Tirar o pó e limpar o aparelho por fora também é importante. 
Mas a mesma regra vale para exterior do forno: nada de produtos abrasivos e sempre secar logo após a limpeza. 
Se seu aparelho é antigo e tem detalhes e/ou botões, use uma escova de dente para alcançar os cantinhos.

Curso Online Básico de Aromaterapia 


Aromaterapia é a agradável arte de reequilibrar o campo energético, atuando na esfera mental, física e emocional utilizando aromas naturais. 

Através desde curso é possível conhecer as principais essências, o contexto histórico e seu uso, suas relações de atuação na esfera energética e quais métodos de aplicação. 


Siga-nos também no Google+, Pinterest e Facebook

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

10 Plantas que o Feng Shui que não são boa para ter em casa


As plantas são normalmente fonte de energia positiva e trazem equilíbrio ao ambiente. 

Mas não basta simplesmente espalhar diversas plantas diferentes de modo aleatório, há plantas que são contraindicadas pelo Feng Shui para se ter em casa pois elas podem comprometer a harmonização do ambiente, veja quais são.

SAMAMBAIA 
É difícil conciliar a energia da samambaia com um ambiente. 
Com suas folhas voltadas para baixo, ela atrai a insônia, a anemia, as alterações bruscas de humor, o emagrecimento excessivo e favorece vícios, como o alcoolismo e tabagismo. 
Em ambientes fechados elas favorecem também a energia do vampirismo. 
Ela pode ser conciliada com outras plantas para equilibrar esses fatores negativos, mas não é algo simples.

Veja também 

CHORÕES


As plantas com essa característica, as choronas, também possuem uma energia complicada quando tratamos da energização e harmonização de ambientes. 
Ela possui uma forma particular de se propagar, desenvolve-se junto ao solo e cobre-o completamente, formando um tapete verde, que dificulta o alcance de água e luz sob o solo. 
A longo prazo, esse tapete verde destrói a terra, ela se torna arenosa e infértil, verdadeiros blocos rochosos, o que atrai uma energia muito negativa de destruição.

Veja também

AGAVES


Planta suculenta de formato pontiagudo que drena a energia do lugar, ela dissipa a energia através de suas pontas. 
Quando instaladas em um ambiente, podem estimular o a indiferença entre os moradores, e até o desprezo.

Veja também 

COROA DE CRISTO


É uma planta que possui flores bonitas, e por isso é escolhida por muitas pessoas para compor o jardim. 
No entanto, seus ramos contorcidos, providos de numerosos espinhos afiados em forma de agulhas atraem más energias, especialmente porque o nome lembra o sofrimento de Cristo, já que o seu ramo se assemelha a coroa que foi colocada em sua cabeça no momento de sua morte.
Estimula a agressividade, repulsa e desprezo. 

Veja também 

ROXINHA


Várias plantas possuem essa característica: não possui partes verdes, somente roxa, como a tropoeraba-roxa, hera-roxa ou flor-de-outubro. 
A ausência de verde faz com que a planta não favoreça a harmonização tradicional das plantas, e quando ela se alastra, ela mata todas as demais plantas do jardim, por isso não é recomendada pelo Feng Shui. 

Veja também 

JIBÓIA


A Jibóia é uma planta inofensiva para o ambiente desde que não esteja pendente (pendurada) ou cultivada em água. 
Quando se encontra em um desses dois modos, ela pode roubar o talento financeiro e determinação das pessoas do ambiente, por isso se você gosta dessa planta, coloque-a em vasos ou diretamente na terra.

Veja também 

AVENCA


Ela não é uma planta que atrai más energias, no entanto, ela é muito sensível. Qualquer mudança brusca que sofre (de temperatura, de iluminação, de localização no ambiente) afeta muito a planta e isso pode provocar desarmonia no ambiente, atrai tristeza, energia de desistência, de falta de força. 

Veja também

DAMA DA NOITE


São plantas muito aromáticas que exalam seu perfume no período noturno. 
No entanto, em excesso esse aroma e coloração intensos da planta podem provocar inquietação, sonhos muito intensos e perturbados.
Em pessoas mais sensíveis, pode até provocar delírios.

Veja também 

COMIGO-NINGUÉM-PODE


É contraindicada pelo Feng Shui simplesmente por ser uma planta venenosa. 
O Feng Shui considera negativo manter veneno em casa, algo que prejudique potencialmente nunca atrai boas energias. 

Veja também

BROMÉLIA


Essa plantinha não tem más energias, no entanto ele é muito energética, evite tê-las dentro de casa ou em grande quantidade em seu jardim.

Você poderá gostar também 

Guia definitivo - Orquídeas para iniciantes 


Técnicas para cultivar Orquídeas em casa 


Siga-nos também no Google+, Pinterest e Facebook


domingo, 26 de agosto de 2018

Como iluminar a sua casa com técnicas do Feng Shui


A luz natural torna os ambientes mais saudáveis já que inunda o espaço com a energia vital (Chi) vinda do sol. 
Em alguns locais, a luz do sol é muito escassa e portanto podemos fazer uso da iluminação artificial para trazer mais claridade ao ambiente e evitar a escuridão. 
Locais escuros deixam a energia estagnada, concentrando energias negativas. 
Veja como iluminar cada canto da sua casa.

Veja também 


1- HALL DE ENTRADA
É importante que esta parte da sua casa seja bem iluminada, pois isso atrai sorte e ativa a energia vital. 
Afaste toda a negatividade com a luz natural, ou opte por lâmpadas e luminárias fortes e de cor clara. 
Os espelhos também são indicados, pois além de ampliar o espaço, multiplicam a luminosidade. Mas é preciso utilizá-los com cuidado. 

Veja também 

2- CANTOS ESCUROS OU VAZIO


Tem um canto da sua casa que não recebe luz natural? 
Coloque uma luminária de pé ou um abajur neste local, e acenda sempre que cair a luz do dia. 

Veja também

3- SALA DE ESTAR


Prefira as lâmpadas de cor quente, amareladas, pois elas trazem maior sensação de conforto. Hoje em dia já existem lâmpadas econômicas com essa tonalização. 
Prefira a iluminação nos cantos ao invés do centro da sala, pois isso estimula o fluxo de energia. 

Veja também

4- ESCRITÓRIO OU SALA DE ESTUDOS


Esses espaços precisam de iluminação direta. 
Por isso, o mais indicado é uma luminária em cima da mesa, voltada para o computador ou para os livros. 
Se quiser induzir o raciocínio lógico e a agilidade, use lâmpadas brancas. Se quiser induzir a criatividade e a inspiração, lâmpadas amarelas. 

Veja também 

5- COZINHA E ÁREA DE SERVIÇO


A maior quantidade possível de luz natural deve estar concentrada nesses locais, por isso mantenha portas e janelas sempre abertas. 
As lâmpadas devem ser fluorescentes e fortes. 

Veja também

6- BANHEIROS


Iluminação mais suave, delicada e focada nos cantos importantes. 
Uma lâmpada de preferência lateral, próxima ao box do chuveiro ou da banheira, e luzes concentradas na região do espelho, de cor amarelada. 
Se você tem o costume de se maquiar no banheiro, prefira aqueles espelhos que já possuem iluminação própria, clara e forte, para ser utilizado só para esses momentos de concentração no seu rosto. 

Veja também

7- QUARTOS


Nos quartos, a luz natural deve ser aproveitada durante o dia, com janelas abertas, para circular a energia chi e renovar a harmonia do ambiente. 
A noite a iluminação deve ser leve, fraca, com tons quentes e de preferência nos cantos do cômodo. 
Se você gosta de ler no quarto, utilize um abajur ou luminária em cima da mesinha de cabeceira. 

Veja também

DICAS IMPORTANTES 
Se alguma lâmpada da casa queimar, troque logo. Não deixe lâmpadas queimadas ou bocais vazios por muito tempo. 
Prefira sempre as lâmpadas econômicas, sejam as claras ou as de tons quentes. Elas custam mais caro, mais a economia de energia é significativa e são mais ecológicas. 

Abra os quartinhos de despejo, garagem e outros ambientes da sua casa que costumam ficar fechados por muito tempo e deixe a luz entrar.

Você poderá gostar também 

Lipoturbo X 


Além de diminuir a gordura armazenada, diminui o colesterol ruim no corpo, potencializando o sistema imunológico. 


Siga-nos também no Google+, Pinterest e Facebook

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Limpa piso caseiro remove a sujeira, desinfeta e desencarde

Limpador de piso que desinfeta e desencarde, dispensando o uso da água 

Além da promessa de eficiência e da facilidade, o produto caseiro pode te render uma bela economia, já que são usados produtos bem baratinhos e a receita rende mais de 4 litros!



Passo a Passo
Ingredientes
4 litros de água 
2 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio bem cheias 
200 ml de álcool 70% 
90 ml de água oxigena cremosa vol. 30 
200 ml de detergente de coco 
Essência (de sua preferência) 

Veja também 

Preparo 
Em um grande recipiente despeje 2 litros de água, acrescente o bicarbonato de sódio e misture bem até que ele se dissolva por completo. 
Conforme explica Kah Ribeiro, a autora da dica, o bicarbonato de sódio vai agir como um excelente e poderoso agente de limpeza. 

Veja também 



Na mistura, acrescente o álcool e mexa bem. 
A seguir adicione a água oxigenada e mexa novamente.
Coloque agora o detergente aos pouquinhos e vá mexendo.
Ele é um ótimo desengordurante, mas não exagere! 
Se for em maior quantidade ele deixará o chão escorregadio. 
Acrescente mais 1 litro de água e mexa suavemente. 
Coloque a essência que gostar mais para dar um cheirinho agradável ao produto. 

Veja também 

Vá sentindo o aroma e coloque o quanto achar suficiente. Mexa delicadamente.
Para finalizar, acrescente mais 1 litro de água e mexa novamente. 
Transfira a mistura para vasilhames menores, como garrafas PET e pronto!
Para utiliza-lo, basta aplicá-lo no chão e passar o pano em seguida! 
Para facilitar a aplicação, faça furinhos na tampinha da garrafa e esguiche o produto.


Veja também

De acordo com os comentários do vídeo, além da limpeza, ele dá muito brilho ao chão e pode ser usado em outros lugares, como um produto multiuso. Porém existem ressalvas!
Como ele é capaz de clarear o chão devido a água oxigenada, o produto também pode manchar, em especial assoalhos de madeira. Para não correr risco, faça um teste antes, passe o produto em algum lugar escondidinho e veja se mancha.

Esfregão Spin Mop

Realmente funciona, pois sua cerdas de microfibra e poliéster altamente absorventes removem facilmente qualquer sujeira, aperte o play e confira

Siga-nos também no Google+, Pinterest e Facebook